|
L'amour pas pour moi
Fabiana Motta, 19.
Amante de arquitetura e francês.
“O que mata um jardim não é o abandono. O que mata um jardim é esse olhar de quem por ele passa indiferente… E assim é com a vida, você mata os sonhos que finge não ver.”
"Sabe o que é legal? Vencer quando ninguém mais acredita em você. Isso sim é do caralho." - Esteban Tavares.  (via desfrutar-se)
"E me beija com calma e fundo, até minh’alma se sentir beijada. O meu amor tem um jeito manso que é só seu, que rouba os meus sentidos, viola os meus ouvidos com tantos segredos lindos e indecentes. Depois brinca comigo, ri do meu umbigo e me crava os dentes. Eu sou sua menina, viu? E ele é o meu rapaz. Meu corpo é testemunha do bem que ele me faz." - Chico Buarque (via brisa-noturna)
"E para os amores impossíveis, tempo." - Fernando Veríssimo. (via glossariando)
"Se eu soubesse, que iria gostar de você assim, teria andado mais rápido, abaixado a cabeça, olhado de lado. Mas não, e foi aí que eu me dei mal. O problema é que nessa de não saber se gosto ou se gosto coração fica curioso e prefere pagar pra ver. E eu paguei pra ver, e foi aí que eu me dei mal, mas eu tô bem. Eu tô muito bem. Dá pra ser feliz sem você, só é bem mais difícil. Mas se eu soubesse, que iria gostar de você assim, não teria elogiado seu cabelo, perguntado seu nome, roubado o beijo. Mas não e foi aí que eu me dei mal. Nunca fui bom em explicar o quanto, como e porque. Só sei gostar, sempre foi assim, sempre foi assim. E por isso eu me dou sempre mal. Mas eu tô bem, eu tô muito bem." - Soulstripper (via brisa-noturna)
"Cuidado com as pessoas. Elas não falam tudo o que pensam e nem sempre sentem tudo o que falam." - William Shakespeare.  (via desfrutar-se)
"Tenho duas armas para lutar contra o desespero, a tristeza e até a morte: o riso a cavalo e o galope do sonho. É com isso que enfrento essa dura e fascinante tarefa de viver." - Ariano Suassuna (via oxigenio-dapalavra)
"Ah querida Capitu
roubaram tuas flores
depredaram teu jardim
massacraram teus amores
enquanto teus lábios sorriam
tremendo na alegria da chegada
para tua surpresa sempre foram despedidas
amores de passagem, ah! querida
não chores não, o assassino de flores
não roubara a primavera
que reside nos teus lábios carnudos." - A.L. | Capitu  (via oxigenio-dapalavra)
"Não me corte em fatias. Ninguém consegue abraçar um pedaço." - Mario Quintana (via brisa-noturna)